24.2.13

Como são as favelas na Irlanda e no Reino Unido?


Oi gente. Para a felicidade de alguns e a infelicidade de outros não morri. Hoje vou falar sobre como são as favelas (as casas dos pobres) na Irlanda e no Reino Unido. A diferença entre a nossa pobreza e a pobreza deles é assustadora, quem vê pensa que esses apartamentos são para pessoas de classe média, mas na verdade são apartamentos que o governo construiu para pessoas que não querem trabalhar, não querem estudar e que tem uma penca de filhos que não educam direito.
O problema desses prédios é que alguns não possuem elevador, ou o elevador está sempre estragado, as luzes dos corredores não funcionam ou não há iluminação instalada.

Mais fotos:




O que um morador de um desses prédios populares escreveu no próprio prédio aonde morou:



Até o proximo post. 
Beijos

11 comentários:

  1. Nossa, se assim são as favelas, imagina a classe média? O.O kk'
    http://the-paradiise.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. ual alguns são melhores do que a classe medio aqui no brasil *o*

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Fiquei impressionada com a terceira imagem do post.
    Beijoca
    Let It Shine

    ResponderExcluir
  4. adorei seu post sobre as favelas, quando vi as fotos de um dos predios lembrei do predio onde moro aqui na Rep. Tcheca, sao horroooorosos, e velhos, construidos na epoca do comunismo, e porem com algumas diferencas: nao foram doados pelo governo, porem moram pessoas de diversas classes sociais, sendo que cada um é proprietario, como meu caso e existe em cada bloco associacao de moradores para zelar e cuidar dos predios.

    ResponderExcluir
  5. Manda esse morador que escreveu a frase na última foto, conhecer uma favela no Brasil e então ele ira conhecer o verdadeiro inferno.
    Bjus!!!

    galerafashion.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Desculpe mas vou ter que criticar o seu texto.
    Dizer que as pessoas que vivem nesses lugares não querem trabalhar ou estudar, etc., é o mesmo que dizer que nas favelas do Brasil só tem bandido e traficante. É criar esteriótipos e propagar preconceitos!
    A essa altura da sua vida você já deveria saber que, na favela, também tem gente honesta e trabalhadora.
    Se há pessoas que não trabalham vivendo nesses lugares (tanto no Brasil quanto na Irlanda), se é porque elas não querem trabalhar ou porque não tiveram a oportunidade de ter a mesma edução que você teve e, por isso não conseguem uma colocação no mercado de trabalho, não cabe a mim nem a você julgar. Como "blogueira"você deveria apenas se preocupar em informar!
    E para informar outros, você precisa ir atrás do conhecimento, pesquisar, conversar com pessoas e não reproduzir o discurso feito que a gente tá cansado de ver por aí.

    Abraços e boa sorte na sua vida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso exatamente a mesma coisa. E fico especialmente entristecido em ver que uma crítica construtiva acaba gerando ainda mais defesas, a ponto de ser ignorada completamente.

      Excluir
  7. Bom, quanto a crítica supracitada, também "nem li", mas já deu para ter ideia do que a pessoa "pensava".
    Colocando em prática meu ponto de vista, vejo que não houve intenção alguma, por parte de Martina, insinuar que no Brasil as favelas (sendo politicamente correto: as comunidades), são constituídas apenas de bandidos e traficantes e SIM que na Irlanda existem situações que favorecem os Irlandeses, que o governo dá condições iguais à todos, o que é diferente aqui no Brasil. Lá, existe emprego, baixa carga tributária, qualidade de vida etc, enquanto aqui no Brasil, temos pessoas vegetando com um Bolsa Família. Logo, se estão em favelas LÁ, é porque não querem trabalhar, estudar etc.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...