4.12.12

10 coisas que eu mudaria no Brasil



Muitas pessoas mudariam o clima, ou iriam proibir o baile funk; outras iriam abaixar o preço da passagem de ônibus. E aqui vai a lista das coisas que eu mudaria no Brasil (me baseando nas leis dos paises desenvolvidos):

  1. Salário minimo: depende do quanto a pessoa trabalha. Seria 24 reais por hora. E os salários dos politicos seria reduzido bastante;
  2. Seguro desemprego duraria por 3 anos;
  3. Escolas seriam em periodo integral, os alunos teriam o direito de escolher o que estudar (inclusive os idiomas estrangeiros) e eles teriam aulas de música;
  4. Para cada mãe com filho, uma ajuda de 1.600 reais por mês;
  5. Construiria muitas faculdades publicas, e transformaria as faculdades particulares só para as pessoas muito ricas;
  6. Faria os vôos de aviões serem mais acessiveis, estimulando os brasileiros a conhecerem o seu proprio pais;
  7. Construiria mais trens, rodovias e praças;
  8. Faria um sistema de saude publico eficaz e bem planejado; 
  9. Ao invés de criar frases como "Pais rico é pais sem pobreza" iria criar frases para estimular os brasileiros a amarem o Brasil;
  10. Iria botar muita gente na cadeia. Os menores de 18, grandes empresários, corruptos... Se foi comprovado que eles roubaram, por que ainda não estão na cadeia? 


12 comentários:

  1. Gostei... Amo o meu país, mas realmente está precisando mudar muita coisa, mesmo.

    Sweet Teen

    ResponderExcluir
  2. Martina a minha eleita !KKK
    Isso mesmo garotaaaaaa!
    Beijos!
    http://sweetbulunga.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Bem interessante as suas ideias! Concordo com a maioria delas! :D

    Beijão e boa quarta!

    Piece of My Heart

    ResponderExcluir
  4. Algumas coisas são meio deificeis de se acontecer ai. Más não sei.
    http://somente-um-blog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. 1600 por filho?? genteeeeeee, isso nunca irá acontecer.. infelizmente! :/
    Adorei suas ideias flor :)

    Muito obrigada por comentar no meu blog! :)
    Ah e sempre que atualizar seu blog me avise!

    Beeeijooos e ótima quarta!

    re-becah.blogspot.com.br

    www.youtube.com/user/blogdareh/featured

    ResponderExcluir
  6. Martina,
    confesso que não concordo com o texto. Quero um Brasil melhor e, para mudá-la, a educação com qualidade para todos seria o primeiro grande passo. Acho que a minha mudança seria essa, o resto seria consequência!

    Obrigada pelo carinho e desejos de um feliz aniversário lá no blog. Fiz uma postagem de agradecimento para vocês, que contribuíram para a alegria do meu dia: http://migre.me/cfj28.

    Beijinhos :**
    Carol
    www.umblogsimples.com

    ResponderExcluir
  7. Faria um plano de saude gratuito (com direito a remedios, consultas, cirurgias e tudo de graça) para quem não tem muito dinhero;

    Pra quê? se já existe o SUS

    ResponderExcluir
  8. Adorei. Se vc se candidatar já tem o meu voto. Bjus!!!
    galerafashion.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Nossa, concordo com muita coisa que você disse. Esse país está necessitando, com urgência, de mudanças e esse povo está precisando de um pouco mais de patriotismo.

    P.S: Adorei seu blog!!

    http://dama-louca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Concordei com quase todas as idéias, a única exceção foi a ajuda de 1600 por filho. Se com o bolsa família muitas mulheres novas pensam em ter uma penca de filhos só pra obter o benefício, imagina como seria com uma ajuda de R$1600. Não sou contra a ajudar, pois todos deveriam viver com dignidade independente da classe social, sem falar que ninguém pede pra nascer e são as crianças que pagam o pato por uma sociedade cheia de descasos, sem consciência e, são estas mesma que crescem e dão continuidade ao ciclo da ignorância e condescendência. Portanto, eu até ajudaria com os 1600 reais, mas haveria um limite de no máximo 2 filhos para obter o benefício(com algumas exceções como no caso de gêmeos), a partir do 3º não teria benefício. Até pensei que a partir do 3º filho perderia a mãe todos os outros benefícios pois assim haveria o controle de natalidade. Porém, as crianças não têm culpa dos pais inconsequentes, o problema é quando a mãe esquece que o benefício é para o filho e quer viver eternamente a custa do estado, ai vira um problema e o difícil é manter um meio termo. Bom, é isso. Adorei o Blog! Abraço.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...