15.11.12

O jeitinho brasileiro

Todo mundo já ouviu falar no tal de "jeitinho brasileiro". Especialmente no exterior, os brasileiros brincam várias vezes com essa expressão que na minha opinião não faz muito sentindo.
Todos portugueses por acaso são honestos?! E quando eles chegaram no Brasil, eles foram honestos com os índios? E os italianos e as suas gangues? Eles são honestos?

 E os indianos? E os africanos? E os chineses? Vocês acham que nós somos os únicos desonestos?
Existem pessoas sem caráter e sem educação em qualquer lugar no mundo, por que isso vem de família. Antes de vir para Europa eu acreditava seriamente no jeitinho brasileiro mas agora percebi que isto não passa de uma generalização preconceituosa - que por sinal é preconceituosa com o próprio povo.

Acho ridiculo os brasileiros julgarem a si proprios! Não é só por que alguns enganam ou mentem que todo mundo precisa ser taxado de desonesto ou "espertinho". Na minha opinião as pessoas mais trabalhadoras e estudiosas do mundo são brasileiras, por que se elas não trabalharem e não estudarem, quem vai sustentar elas? O governo? rs. Quem ganha bem no Brasil sem faculdade ou sem batalhar muito? Aqui na europa todo mundo ganha bem, até faxineiro.

 Muita gente não faz nada por que o governo sustenta todo mundo, no Brasil não tem folgado assim, só os ladrões que assaltam os outros que não querem (ou não tem apoio nem oportunidade) pra estudar nem trabalhar, mas pelo menos eles são conhecidos como ladrões, como políticos ou como ricos empresários que passaram por cima de muita gente.

Aqui na Europa os folgados que são sustentados com nossos impostos são apenas taxados de "desempregados" (ao invés de preguiçosos de mais para achar um emprego).



12 comentários:

  1. Curti Martina!

    Gente pilantra tem no mundo todo! O jeitinho brasileiro é a animação, a simpatia do povo, isso sim!

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente muitos brasileiros graduados também não estão conseguindo bons empregos mais, nem quem estuda não tem bom salário mais.♥

    PiinkCookie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. olha, sei que o seu texto foi escrito com boa intenção, mas é de uma inocência e incoerência muito grande. a começar pela comparação com o jeitinho de outros lugares como Italia e Portugal. a honestidade depende muito da família e do ambiente de criação, mas quando a família e o ambiente de criação já estão corrompidos desde a raiz, é muito difícil encontrar um argumento que faça pessoas desonestas entenderem a importância da honestidade. você já tentou explicar pra uma pessoa que cresceu em meio a mentiras a importância da verdade?
    o considerado "jeitinho brasileiro" é, na verdade, essa cultura que nos envolve desde crianças de que temos que tirar vantagem em cima de tudo. não é exatamente um problema na maioria dos casos, só não é algo de se orgulhar. o jeitinho brasileiro está na tv, nos jornais, está na pessoa sem talento que deu um jeitinho de chegar na novela das 8, no cara que passou na entrevista de emprego porque o gerente era amigo do pai, no cara que finge estar dormindo pra não dar lugar pra idoso no metrô. vemos isso todos os dias e para nós isso é normal. não é algo que nos choca e faz pensar "jeitinho brasileiro" no meio do dia. na Bahia, por exemplo, é normal que uma pessoa tome o seu lugar na fila se você demorar muito pra se encaminhar ao caixa. não é maldade, é natural. mas se isso acontecesse em São Paulo, geraria uma dicussão, não é? do mesmo jeito, esse jeitinho que nos é banal, fica muito visível num país como a Irlanda, onde não há ninguém pra conferir seu bilhete do Luas porque os fiscais já partem do princípio que uma pessoa que quer usar o transporte, necessariamente vai pagar por ele. num lugar onde os próprios moradores não estão esperando desonestidade, esse hábitos aparentemente inofensivos acabam em evidência.

    é claro que o jeitinho brasileiro existe, ou não teríamos ônibus com catracas, bancos burocráticos, leis de defesa do consumidor tão pesadas, cláusulas e contratos gigantescos e com tantos detalhes para que ninguém tente dar uma de espertinho. negá-lo não é uma maneira de fazê-lo extinguir, é apenas uma inocência muito grande.
    fico realmente triste que isso aconteça, mas acontece. fico chateada que esse tipo de comportamento manche a imagem de brasileiros honestos dentro e fora do país, mas acontece.

    enfim, acabei me prolongando demais e minha intenção nem é criticar seu texto, apenas pontuar algumas coisas.
    boa sorte com o blog e com a vida por aqui, espero que você continue espalhando a imagem de bons brasileiros!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olha, acho que voce mora na irlanda mas não conhece os irlandeses!
      eu vivo com um, e posso te garantir que o que voce falou foi besteira.
      "o jeitinho brasileiro está na tv, nos jornais, está na pessoa sem talento que deu um jeitinho de chegar na novela das 8, no cara que passou na entrevista de emprego porque o gerente era amigo do pai, no cara que finge estar dormindo pra não dar lugar pra idoso no metrô." e por acaso isso não acontece aqui na irlanda? quantas vezes já vi idoso de pé no luas, ninguém se importa! se voce for pego sem pagar, voce NUNCA mais vai querer entrar sem pagar (experiencia propia rsrs). dai os pais ensinam isso pros filhos, as pessoas educadas entendem! sempre vejo os knackers sem dente entrando sem pagar e serem pegos....
      a proposito, se voce tá procurando emprego na irlanda sabe que a maioria se consegue por indicação né? se for da familia melhor ainda!

      Excluir
    2. Então, você se julga melhor (ou que tem mais conhecimento de causa) só pq mora com um irlandês?

      Acho que o comentário ali de cima retrata exatamente o que é o "jeitinho brasileiro". Só que esse jeitinho brasileiro é conhecido por brasileiro. Você não vê gringo falando que brasileiro só quer tirar vantagem e mimimi. Isso é cultural, cada pessoa consegue identificar os pontos negativos de sua cultura, principalmente quando se vive outra cultura. A pessoa que nunca saiu do Brasil não vai saber identificar isso com tanta facilidade. É exatamente esse o ponto da pessoa aí de cima.
      Irlandeses, da mesma forma que nós, brasileiros, vão saber identificar aquilo de ruim que acontece no dia a dia deles, pq eles estão VIVENDO isso e acaba se tornando comum para eles.

      Em nenhum momento eu ou a pessoa ali de cima mencionamos que os gringos não fazem nada de errado. Assim como brasileiros, muitos deles também faltam com educação em muitos momentos. Mas não é exclusividade deles (e nem nossa).
      O que nós queremos dizer, é que a sua visão do "jeitinho brasileiro" não corresponde a realidade. Pq vc acha que o seguro desemprego (no Brasil) só dura (até) 5 meses?
      Um outro ponto: o quanto de imposto você tem pago pra dizer sempre que os irlandeses são sustentados com o "nosso dinheiro"? Tirando os bens de consumo (comida, água..) o que mais vc paga de imposto? Pq em qse td que tem imposto embutido, você vai receber reembolso.
      E o quanto disso é a SUA opinião, de garota brasileira e o quanto disso é opinião do seu namorado irlandês?
      As pessoas acabam assumindo algumas opiniões alheias como suas próprias. Seja por causa da convivência ou justamente por falta de conhecimento (ou ingenuidade mesmo).

      Aliás, mais um ponto a se pensar aqui: se o trabalho de faxineira é bem pago aqui, por que em outros posts você menciona que é trabalho escravo? Acho que você tem que definir as suas opiniões.
      Pra mim, todo trabalho que é bem remunerado e faz jus a suas obrigações, é um bom trabalho. Seja ele de faxineira ou de economista. Se é um trabalho físico, puxado, porém, bem remunerado, isso não o torna trabalho escravo.
      Agora eu te faço uma outra pergunta: você já teve um trabalho escravo na vida? Você tem noção do que é trabalho escravo? Graças a Deus, eu acho que não. O grande problema aqui (e entramos no tópico do jeitinho brasileiro novamente) é que as pessoas se acham boas demais para determinados tipos de trabalho. Assim como querem o máximo possível de pagamento, com o mínimo possível de trabalho. São pontos a se levar em consideração. Se você realmente quer um emprego, você vai ver oportunidades de outra forma, seja aqui ou em qualquer outro lugar.

      Acho que você não tem muita noção de mundo.
      E por favor, não venha com a imaturidade de dizer que não pediu a minha opinião, como você disse para uma outra pessoa. Aceite as críticas e tente aprender alguma coisa com elas, mesmo que você discorde.

      Excluir
  4. Gostei do seu texto e é verdade mesmo nós brasileiros julgamos a nós mesmo, generalizamos tudo sabe, como você disse não é porque um faz isso que os outros vão fazer, a gente tem é que parar com essas coisas :s
    bjinhos
    conversando-com-a-lua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Tá e Luana falaram tudo. Seus posts, via de regra, são muito ingênuos, sua opiniões são vagas...

    ResponderExcluir
  6. Adorei o texto de hoje. Os brasileiros acreditam que só existe o nosso jeitinho brasileiro, mas na verdade em todos os lugares existem o famoso jeitinho. Somos todos ser humanos e qualidades e defeitos existem em todas os países. Sei disso por que conheço gringos e sei que eles também tem lá o sei jeitinho. Bjus!!!

    galerafashion.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ao meu ver,existe sim o jeitinho brasileiro,mas tudo isso pq as leis não são executavas como deveriam ser!
    kiss kiss ♥


    www.vemserdiva.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Tem selinho pra vc no blog!

    http://belezuradeunha.blogspot.com.br/2012/11/risque-vira-lata-konad-selinho.html
    Beijok

    ResponderExcluir
  9. Beleza, sorte que o natal ta chegando e o papai noel existe, né!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...